TORREENSE VENCE ALVERCA E AVANÇA NA TAÇA DE PORTUGAL


Decorreu esta manhã, dia 22 de novembro de 2020, o jogo a contar para a 3ª eliminatória da Taça de Portugal, a prova rainha do futebol português regulada pela Federação Portuguesa de Futebol. Este jogo teve o apito inicial marcado para as 11 horas desta manhã no bebem tratado relvado do Campo Manuel Marques, em Torres Vedras, o Sport Clube União e Torreense e o Futebol Clube de Alverca. Esperava-se um grande jogo de futebol entre as equipas mais fortes da série F do Campeonato de Portugal e assumidos candidatos à subida de divisão. No trajeto até esta ronda, o Torreense enfrentou o União Almeirim na 1ª eliminatória e venceu em casa por 3-0; na 2ª eliminatória viajou até ao terreno do Idanhense e aplicou a goleada da época até ao momento com uma vitória expressiva por oito golos sem resposta. Já o Alverca, ultrapassou o Guadalupe, da ilha Graciosa, dos Açores e o Camacha, após falta de comparência da equipa Açoriana e 2-1 na 2ª eliminatória, respetivamente.

Sport Clube União e Torreense, comandado pelo experiente treinador Filipe Moreira, alinhou no habitual 3-4-3, com o seguinte XI inicial: (GR) Marcelo Valverde (12), David Rosa (21), Mamadu Traoré (2), Benny (4), (C) Wellinton Matos (22), Zézinho (5), Aílson Tavares (6), Ragner Paula (7), Ricardinho (98), Filipe Andrade (9) e Onyekachi Silas (77). Jogaram ainda na formação da casa: João Gomes (3), Gustavo Tocantins (70) e ainda, Wilson Santos (90).

O Futebol Clube de Alverca, comandado por Alexandre Santos, alinhou com o seguinte XI inicial: (GR) José Costa (33), Jorge Bernardo (13), Caiser Gomes (4), (C) João Freitas (26), Léo Bolgado (50), Tiago Gomes (3), Felipe Ryan (97), Alex Apolinário (99), Rui Pereira (5), Tiago Morgado (6) e Ricardo Rodrigues (7). Jogaram ainda: Carlitos (27), David Dinamite (29), Luan Silva (8), Flávio Silva (11) e ainda, Jefferson Nem (96).


A equipa da casa começou bem melhor o jogo, onde nos primeiros quinze minutos, colocou um ritmo muito alto criando bastantes dificuldades à equipa do Alverca, que só a partir dos vinte, vinte cinco minutos conseguiu quebrar o ímpeto torriense e dominar a meio campo. À passagem do primeiro minuto de jogo, através de um canto, o guarda-redes da baliza ribatejana teve que intervir após um remate de Traoré (2). Torreense que teve ainda uma boa oportunidade através de uma boa jogada pela esquerda do seu ataque, quando Silas (77) se preparava para empurrar para o fundo das redes, houve um desvio por parte de um defesa do Alverca, encaminhando a bola para o poste. Lance muito perigoso que poderia ter marcado na própria baliza. O perigo nas bolas paradas voltou a repetir-se aos 8’ e aos 29’, por parte da equipa de Torres Vedras, que hoje equipou totalmente de branco, a ameaçar a baliza do FC Alverca. Aos 12’, o Alverca chega pela primeira vez à baliza defendida por Marcelo Valverde, que ontem celebrou o seu 31º aniversário, chegando mesmo a conseguir balançar as redes mas invalidado, pois Ricardo Rodrigues (7) foi apanhado em posição irregular. Equipa Ribatejana que apenas voltou a ameaçar através do, sempre inconformado, camisola 97, Felipe Ryan a assustar Marcelo Valverde (12). Aos 42’, foi a altura do Sport Clube União Torreense também ver um golo anulado. O intervalo chegou na altura certa para a equipa comandada por Filipe Moreira, pois o Torreense a partir da meia hora de jogo foi perdendo o domínio dos minutos iniciais e o período de descanso foi a altura certa para o experiente treinador fazer ajustes na tática e comportamento dos seus pupilos. O Inicio da segunda parte ficou marcado por uma boa entrada por parte do Alverca, que obrigou a defesa de Valverde (12) a um remate de um dos artilheiros da equipa visitante, Ricardo Rodrigues (7), que já conta com 4 golos na temporada. Aos 47’, Tiago Gomes (3) tentou inaugurar o marcador, mas sem sucesso.

A partir desse momento só tivemos Torreense, a equipa de Torres Vedras conseguiu voltar a encontrar-se e após um contra-ataque perfeito após uma bola parada defensiva, Silas (77) consegue inaugurar o marcador à passagem do minuto 70. Torreense que foi controlando a partir daí, o golo trouxe um aumento natural de confiança e de forma praticamente igual, o Torreense chega ao segundo golo ao minuto 81, através do suplente utilizado Gustavo Tocantins (70).

Após esse golo, o jogo ficou decidido com a equipa de Alverca a desanimar e a equipa da casa conseguiu controlar os últimos minutos do encontro. Resultado final a registar vitória de duas bolas sem resposta da equipa de Torres Vedras frente ao FC Alverca. Torreense que continua a sua série invencível, com 8 jogos realizados e que conta com 7 vitórias e 1 empate aplicando a primeira derrota da época à formação de Alexandre Santos.

Nota ainda para o árbitro do encontro, Carlos Espadinha que agiu bem disciplinarmente e geriu o jogo da melhor maneira.


FOTO: Direitos Reservados

TEXTO: Diogo Silva


24 visualizações

+351 917 777 418

  • White Facebook Icon

Segue-nos

Bairro Filomena, N° 7 B - 2530-806 Vimeiro