TORREENSE SOMA E SEGUE

Pupilos de Fílipe Moreira com triunfo tranquilo, no Manuel Marques, frente ao U. Santarém por três bolas a zero.

Manhã de sábado, dia 28 de novembro de 2020, Sport Clube União e Torreense a receber a equipa da União Desportiva de Santarém a contar para a 7ª jornada da Série F do Campeonato de Portugal, época 2020/2021. A equipa de Torres Vedras, chegou a este jogo moralizadíssima após uma vitória convincente perante um rival direto neste mesmo campeonato, mas a contar para a Taça de Portugal, ocupando o segundo lugar na tabela com apenas cinco jogos realizados somando um total de 13 pontos com quatro vitórias e um empate.

Por sua vez, a equipa que viajou de Santarém, ocupava o sétimo lugar na tabela, com apenas quatro jogos realizados, somando um total de 5 pontos resultantes de uma vitória, dois empates e uma derrota. A União Desportiva de Santarém viu também já o seu treinador ser substituído e com Acácio Santos ao leme da formação Escalabitana, ainda não sofreu qualquer derrota.

Sport Clube União e Torreense, comandado pelo experiente treinador Filipe Moreira, alinhou no habitual 3-4-3, com o seguinte XI inicial: (GR) Marcelo Valverde (12), David Rosa (21), Mamadu Traoré (2), Benny (4), João Gomes (3), Zézinho (5), Aílson Tavares (6), (C) Ragner Paula (7), Ricardinho (98), Filipe Andrade (9) e Onyekachi Silas (77). Jogaram ainda na formação da casa: Rodrigo Lima (88), Gustavo Tocantins (70), Jorginho (99), Ibraima Só (18) e ainda, Wilson Santos (90).



União Desportiva de Santarém, comandado por Acácio Santos, alinhou com o seguinte XI inicial: (GR) Nuno Hidalgo (22), Gonçalo Azevedo (80), Kiki Ballack (13), Luan (33), Allan Peixoto (62), Adélcio Varela (96), Diogo Pires (26), Jean Victor (5), Vasco Lopes (7), Iuri Gomes (10) e (C) Herlander Tomé (15). Jogaram ainda na formação visitante. (Gonçalo Costa (6), João Monteiro (9), Flavinho (11), Valter Jr. (98) e ainda André Tavares (4).

Primeiros vinte minutos com um jogo interessante, equipas com um futebol atrativo e ofensivo, o União de Santarém a vir até Torres Vedras com objetivo de vencer o jogo. A equipa da casa teve três oportunidades muito perigosas para inaugurar o marcador, uma delas até conseguiram balançar as redes da baliza Escalabitana, mas assinalada uma infração.

Silas (77), sempre inconformado com o jogo, foi o jogador mais em foco na primeira parte foi o homem da equipa de Torres Vedras que criou mais perigo e esteve mais perto do golo durante todo o primeiro tempo, até que à passagem do minuto 41, Silas com uma jogada individual a partir da direita do ataque do Torreense, consegue ganhar espaço e fletir para o meio rematando e batendo Nuno Hidalgo (22), o guarda-redes que passou pela formação da equipa de Torres Vedras, fazendo lembrar as movimentações de Sadio Mané do Liverpool, apesar deste jogar mais descaído pela esquerda do ataque da formação Inglesa.

Até ao final dos primeiros 45 minutos, a equipa da casa que, hoje, equipou com o seu equipamento alternativo (camisola branca, calção azul e meia branca), foi para os balneários na frente do marcador após uma bela primeira parte de futebol.

Inicio de segunda parte com um ritmo interessante e a demonstrar que no Campeonato de Portugal também existe jogos muito interessantes e este a ser um dos demais, até que à passagem dos primeiros dez minutos da 2ª parte, a formação de Santarém vê-se reduzida a dez elementos após a expulsão de Luan (33) por travar uma investida de Filipe Andrade (9) que ficaria cara a cara perante o guardião da equipa do União de Santarém.

Minuto 63, David Rosa a ser carregado em falta no interior da área e Filipe Andrade (9), uma das figuras maiores do Sport Clube União e Torreense, a conseguir bater Nuno Hidalgo (22) pela segunda vez neste final de manhã/início de tarde no Campo Manuel Marques e a regressar aos golos. Grande penalidade muito bem batida, remate chegada à malha interior da baliza norte deste mesmo recinto de jogo e a não dar qualquer hipótese ao especialista em defender estes lances de bola parada de 11 metros, o guardião da UD Santarém.

Torreense mais confortável no jogo após o segundo golo a conseguir chegar ao terceiro golo com Silas (77) a bisar no marcador e a colocar um ponto final no jogo. A equipa da União de Santarém, a ressentir-se muito da expulsão de um dos seus defesas e a ter de alterar a estratégia e a grande penalidade veio como um balde de água fria para a formação que equipou com o seu equipamento principal (camisola vermelha, calção branco e meia vermelha).

Até ao final do encontro, a equipa do Torreense acaba por gerir o encontro, fazendo também alterações na equipa, fazendo descansar algumas das suas unidades mais influentes e acima de tudo, dar minutos a jogadores menos utilizados para quando estes sejam chamados a jogo, estejam prontos para a exigência do mesmo.

Mais uma vitória do Sport Clube União e Torreense, na perseguição ao líder FC Alverca, assumindo cada vez mais a candidatura aos lugares de playoff de subida de divisão.

Jogadores mais SCU Torreense: Ragner Paula (7), Ricardinho (98), Silas (77) – Melhor em campo

Jogadores mais UD Santarém: Nuno Hidalgo (22), Jean Victor (5).


25 visualizações0 comentário

+351 917 777 418

  • White Facebook Icon

Segue-nos

Bairro Filomena, N° 7 B - 2530-806 Vimeiro