PENICHE: TREINADOR CRITICA QUADRO COMPETITIVO DO CP



"Não conheço nenhum campeonato no mundo, em que quarenta por cento das equipas desçam de divisão", aponta Tiago Vicente em exclusivo à revista 'Amor à Camisola'.


Por outro lado, o técnico da formação do distrito de Leiria, que milita no Campeonato de Portugal (CP), reforça que: "O atual quadro competitivo não premeia a regularidade. Não faz qualquer sentido que a fase regular, em termos práticos, não tenho qualquer peso para as equipas que na segunda fase discutirão a manutenção".


O Peniche ficou agrupado, na fase de manutenção, juntamente com: Coruchense, Marinhense e Sernache. "O Marinhense é o favorito a vencer o grupo. Nós à partida iremos lutar pelo segundo lugar para fugirmos à despromoção mas não será fácil, pois somos a única equipa das quatro que não é profissional", partilha o treinador dos rubro-negros.


Para atacar a segunda fase, os penicheiros reforçaram-se do meio-campo para a frente. "Procurámos ter mais soluções na linha média e no ataque de forma a equilibrar a equipa em posições que sentíamos necessidade", remata.



Ricardo Silva, médio ofensivo, que chega do Louletano (CP), é o que apresenta o melhor cartão de visita. A acompanhá-lo na viagem para a Cidade Piscatória, temos o extremo Tomás Correia (ex: Belenenses Sad sub-23), o médio Tomás Jorge que jogava no campeonato universitário norte-americano, e o avançado Camará que vem dos distritais de Aveiro.

A estreia dos penicheiros, na segunda fase, está marcada para o próximo domingo (20) na receção ao Marinhense. Recorde-se que, ambas, as formações já se encontraram, esta temporada, na fase regular com duas vitórias do onze da Capital do Vidro.


Texto: Duarte Gomes

Fotos: Direitos reservados












103 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo