FIQUE EM CASA COM... PATRÍCIA CARDOSO

Atualizado: Abr 13

"IMPORTANTE MANTERMO-NOS ATIVOS E NÃO PERDER O FOCO"




Como está a ser o seu dia à dia? - Na verdade trago alguma bagagem em relação a quarentenas/isolamento, uma vez que passei por uma gravidez de alto risco, na qual tive 12 semanas internada e em isolamento, as circunstâncias são diferentes, mas aprendi muito nessa fase da vida e o importante é mantermo-nos ativos e não perder o foco. Os nossos dias aqui são bastante preenchidos. Estou em casa com o meu filho de quatro anos, uma vez que o meu marido trabalha e chega ao final do dia. Construímos um horário semanal, no qual programámos várias atividades, desde a leitura, às expressões plásticas, bem como atividadade física. Brincamos bastante. É importante mantermo-nos ocupados e com rotinas organizadas, não só para o equilíbrio da nossa saúde mental, mas também para que os dias não pareçam muito repetitivos.


Que ilações tem tirado disto tudo? - Há algo muito importante que podemos e devemos fazer, nesta fase que estamos a passar - refletir. Estamos a passar por um período muito critico no qual estamos privados do contato físico com as nossas famílias e amigos. Diariamente e em situações "normais", reclamamos que não temos tempo para nada, muitas vezes, não temos tempo para conversar ou estar um pouco com as pessoas de quem gostamos, ou com quem precisa de nós. É altura de refletir sobre tudo isso e concluir que a vida é uma passagem, que devemos aproveitar para estarmos uns com os outros e para alimentar as relações que vivemos ao longo das nossas vidas. Devemos considerar que muitas vezes ocupamos demasiado tempo a trabalhar e preocupamo-nos com questões materiais, querendo mais e mais. Na verdade, nada substitui a presença da nossa família, até porque, tal como estamos a ver agora nesta fase, de nada nos servem os bens materiais, quando o que nos está a marcar, é mesmo a ausência da família.


Poderemos voltar a ter um mundo como era antes? - Sem dúvida, que sim! Como em toda a história da humanidade, sempre tivemos períodos conturbados, ou de grandes mudanças e portanto será mais uma "página escrita" na nossa história.


Está preocupada com o futuro? - Não tenho por hábito traçar planos a longo prazo, vivo um dia de cada vez e neste momento, mais do que nunca, é isso que irei continuar a fazer, no entanto preocupa-me um pouco, o que virá após toda esta situação passar.


Uma mensagem aos profissionais que estão na linha da frente a combater esta calamidade. - Quanto aos profissionais que estão na linha da frente, entre os quais tenho amigos e conhecidos, quero dizer-lhes que, qualquer palavras de agradecimento é muito pequena, para agradecer tudo o que estão a fazer por nós. Quem, tal como vós, se entrega de corpo e alma a uma luta como a que estamos a passar, trabalhando horas intermináveis, estando privados de tudo, inclusivamente do contato com a família, a passar por situações inimagináveis, cuidando de todos nós, só pode ser considerado herói. Muito obrigada.


E aos leitores. - Quanto aos leitores, quero apenas relembrar a importância de serem conscientes, tomando atitudes certas, que não coloquem em causa a vossa vida e a dos outros. Lembrem-se que há oportunidades únicas e viver é uma delas. A todos os que estão a cumprir rigorosamente o isolamento, mantenham o foco, criem atividades diárias, mantenham-se ativos, aproveitem para fazer o que até aqui tinham pouco tempo para fazer e acreditem!


#vamostodosficarbem

8 visualizações

+351 917 777 418

  • White Facebook Icon

Segue-nos

Bairro Filomena, N° 7 B - 2530-806 Vimeiro