FIQUE EM CASA COM... FRED MARTINS

"ESTOU CONFIANTE EM RELAÇÃO AO FUTURO"



Como é o seu dia à dia?

- O meu dia à dia passa por me manter focado, em manter a forma física e psicológica, não deixar cair a rotina e não trocar as noites pelos dias. Treino ao ar livre em espaços onde não existe qualquer tipo de contacto, ajudar em algumas tarefas domésticas e passear a minha cadela pela parte da manhã.  Que lhe dá mais gosto fazer na atualidade? - Estar em família é o que realmente me dá mais gosto e com isso consigo me manter actualizado nas séries e nos filmes, ou seja, junta-se o útil ao agradável, digamos assim. Outro passatempo que tenho é jogar Call of Duty e Football Manager. Como encara esta pandemia? - Encaro com muita responsabilidade e respeito. Esta pandemia é uma lição de vida para todos. Acho que todos nós temos de tirar algo desta situação e aprender com ela mesma para que no futuro, caso aconteça, que isto não chegue ao ponto que está actualmente. Arrisco-me a dizer que todos nós damos agora muito mais valor a coisas que há uns meses atrás não dávamos e acho que é isso que temos de tirar desta situação toda. Concorda com a decisão da Federação Portuguesa de Futebol em relação ao Campeonato de Portugal? - Sim, concordo. Apesar de ter a perfeita noção que esta decisão prejudicará e muito os clubes e jogadores a vários níveis, mas saúde em primeiro lugar. Certamente terá um impacto maior nos clubes que investiram mais para lutar por objectivos cimeiros. Pelo que tenho lido nas redes sociais foi enviado uma proposta por alguns clubes para a realização de um Play-Off tardio, acho que isso pode ser uma boa possibilidade para definir a subida à Segunda Liga. Com esta interrupção acho que também era tempo de pensar e mudar o modelo do campeonato para melhor e para benefício de todos.  Qual foi o segredo para a grande temporada que fez? - O maior segredo foi confiar mais em mim, trabalhar no máximo e agarrar com tudo a oportunidade que me foi dada pelo mister Miguel Valença de voltar ao Campeonato de Portugal. A minha ida para Oliveira do Hospital ajudou me em diversos aspectos, principalmente como já referi no confiar mais no meu trabalho e na minha qualidade. Com a mudança para o Torreense a confiança que me foi dada pelo clube e as pessoas em geral, foi a chave para a boa fase ter continuado e fazer a época que fiz. Preocupa-o o futuro? - Estou tranquilo e confiante em relação ao futuro. Quero e vou continuar focado,  trabalhar para alcançar os meus objectivos. Preparar bem a próxima época, analisar o menos positivo que foi feito e trabalhar para estar mais equilibrado e completo, para possa estar preparado para todo o tipo de projectos no futuro. Que mensagem deixa aqui aos nossos leitores? - A minha mensagem é que fiquem em casa, joguem pelo seguro, para que possamos voltar todos à nossa vida o mais rápido possível e ainda mais fortes.  Vai ficar tudo bem.

145 visualizações0 comentário

+351 917 777 418

  • White Facebook Icon

Segue-nos

Bairro Filomena, N° 7 B - 2530-806 Vimeiro