FIQUE EM CASA COM... HENRIQUE CORREIA

Atualizado: Abr 13

Uma referência nos relatos de futebol, em Portugal, há 30 anos, entusiasmando os amantes do desporto rei com a sua locução apaixonada.

Colaborou e colabora com várias rádios, tendo inclusivamente sido uma das vozes de nomeada da Antena 1 na década de 90 do século passado. Em determinado momento da sua carreira, optou por outras prioridades a nível profissional e por iniciativa própria abandonou essa emissora nacional. No entanto, o "bichinho" da rádio e dos relatos de futebol em especial continuou e continua bem vivo e atualmente, este Grande Senhor que nasceu no Ramalhal (Torres Vedras), há 57 anos, ainda faz vibrar os adeptos do futebol com a mesma paixão que "empresta" aos seus relatos desde o primeiro dia.


HENRIQUE CORREIA: "PROFISSIONAIS DE SAÚDE MERECEM ETERNA ADMIRAÇÃO"



Descreve-me o teu dia à dia atualmente. - Estou de quarentena desde há três semanas, apenas saio de casa para ir ao supermercado comprar os bens essenciais, consigo efectuar algum teletrabalho, acabando por ter pouco tempo livre, vou actualizando informação e fazer alguma leitura.


A que coisas dás mais valor agora? - Sempre valorizei, a família, os amigos e a saúde. Agora consigo estar mais tempo em casa com a minha esposa, mas não posso estar com a restante família mais chegada, a minha filha e o meu neto, apenas consigo falar pelo telefone ou por Whatsapp.

Como encaras esta pandemia? - Encaro a pandemia com muita seriedade e enorme apreensão, vai ser um flagelo para todo o mundo, uma tragédia para muitas famílias, vai derrubar muitas empresas e deixar muita gente em enormes dificuldades para satisfazerem os seus compromissos. Mas temos de ser resilientes e com esforço e união, vamos conseguir ultrapassar esta difícil fase das nossas vidas.

Estás preocupado com o futuro? - Estou, penso que o paradigma vai mudar após esta pandemia, quando conseguirmos derrubar o covid 19, as pessoas vão ficar com este anátema e vão alterar alguns dos seus comportamentos. Temos que olhar para o sector da saúde com mais atenção, criar melhores unidades de saúde e apetrechar os Hospitais com equipamento para dar resposta às necessidades das populações.

Os desportistas, por exemplo, sempre foram idolatrados e tratados como alguns dos principais heróis da sociedade. Mas, existem heróis vitais de quem tantas vezes nos esquecemos... - Os desportistas são idolatrados, têm muito mediatismo, são responsáveis pelos êxitos dos clubes e pelo sucesso dos Países, mas esta pandemia relegou-os para um plano secundário e revelou toda a importância dos profissionais de saúde, todos eles verdadeiros heróis, sempre na linha da frente a arriscarem as suas vidas para salvar o próximo, estes sim merecem a nossa eterna admiração. Enquanto líder de opinião, que mensagem podes passar a quem tem dificuldade em ficar em casa? - Sejam pacientes e responsáveis, façam um esforço fiquem em casa, todos nós dependemos uns dos outros, só todos juntos podemos, voltar a ser felizes!!! Para todos muita força e um enorme abraço!!!


#vamostodosficarbem

7 visualizações

+351 917 777 418

  • White Facebook Icon

Segue-nos

Bairro Filomena, N° 7 B - 2530-806 Vimeiro